Thursday, 25 December 2008

Oração a mim mesmo

Check out this SlideShare Presentation:
Gregory Colbert
View SlideShare presentation or Upload your own. (tags: mensagem imagem)

Transcrição da apresentação

Fotografias: Gregory Colbert
Texto: Oswaldo Antônio Begiato

Que eu me permita olhar e escutar e sonhar mais. Falar menos. Chorar menos.
Ver nos olhos de quem me vê a admiração que eles me têm e não a inveja que prepotentemente penso que têm.
Escutar com meus ouvidos atentos e minha boca estática, as palavras que se fazem gestos e os gestos que se fazem palavras.
Permitir sempre escutar aquilo que eu não tenho me permitido escutar.
Saber realizar os sonhos que nascem em mim e por mim e comigo morrem por eu não os saber sonhos.
Então, que eu possa viver os sonhos possíveis e os impossíveis; aqueles que morrem e ressuscitam a cada novo fruto, a cada nova flor, a cada novo calor, a cada nova geada, a cada novo dia.
Que eu possa sonhar o ar, sonhar o mar, sonhar o amar, sonhar o amalgamar.
Que eu me permita o silêncio das formas, dos movimentos, do impossível, da imensidão de toda profundeza.
Que eu possa substituir minhas palavras pelo toque, pelo sentir, pelo compreender, pelo segredo das coisas mais raras,
pela oração mental (aquela que a alma cria e que só ela, alma, ouve e só ela, alma, responde).
Que eu saiba dimensionar o calor, experimentar a forma, vislumbrar as curvas, desenhar as retas, e aprender o sabor da exuberância que se mostra nas pequenas manifestações da vida.
Que eu saiba reproduzir na alma a imagem que entra pelos meus olhos fazendo-me parte suprema da natureza, criando-me e recriando-me a cada instante.
Que eu possa chorar menos de tristeza e mais de contentamentos.
Que meu choro não seja em vão, que em vão não sejam minhas dúvidas.
Que eu saiba perder meus caminhos mas saiba recuperar meus destinos com dignidade.
Que eu não tenha medo de nada, principalmente de mim mesmo: - Que eu não tenha medo de meus medos!
Que eu adormeça toda vez que for derramar lágrimas inúteis, e desperte com o coração cheio de esperanças.
Que eu faça de mim um homem sereno dentro de minha própria turbulência,
sábio dentro de meus limites pequenos e inexatos,
humilde diante de minhas grandezas tolas e ingênuas (que eu me mostre o quanto são pequenas minhas grandezas e o quanto é valiosa minha pequenez).
Que eu me permita ser mãe, ser pai, e, se for preciso, ser órfão.
Permita-me eu ensinar o pouco que sei e aprender o muito que não sei,
traduzir o que os mestres ensinaram e compreender a alegria com que os simples traduzem suas experiências;
respeitar incondicionalmente o ser; o ser por si só, por mais nada que possa ter além de sua essência,
auxiliar a solidão de quem chegou, render-me ao motivo de quem partiu e aceitar a saudade de quem ficou.
Que eu possa amar e ser amado. Que eu possa amar mesmo sem ser amado,
fazer gentilezas quando recebo carinhos; fazer carinhos mesmo quando não recebo gentilezas. Que eu jamais fique só, mesmo quando eu me queira só.
Amém.

Friday, 19 December 2008

Abraço grátis

Hoje eu recebi um abraço grátis. Embora tenha acontecido às 17:55h na Avenida Copacabana, em pleno mafuá natalino, Nelson Rodrigues tinha mesmo razão. O abraço surgiu 45 minutos antes do nada. O Fla-Flu que me perdoe e, olha, eu que já conhecia a campanha Free Hugs por outras vias, em outras eras, que já tinha visto e revisto o vídeo oficial do Juan Mann, postado aqui, compartilhado acolá, fiquei ali sorrindo, feliz da vida. Foi exatamente como eu havia imaginado um dia que haveria de ser e ao mesmo tempo muito melhor. Os meninos do grupo Free Hugs - Rio de Janeiro (quem quiser saber mais, eles têm uma comunidade no Orkut) ainda fizeram a gentileza de me fazer sortear uma frase que aqui reproduzo. E putz, como tudo ultimamente, tem vindo a calhar.

"Não devemos permitir que alguém saia da nossa presença sem se sentir melhor e mais feliz."


Abraços grátis, free hugs, aqui no good news, de Isabella Lychowski

Abraços grátis, free hugs, aqui no good news, de Isabella Lychowski
Vídeo com os meninos do Grupo Free Hugs - Rio de Janeiro no You Tube

Links relacionados

Comunidade FREE HUGS Rio de Janeiro no Orkut

Abraços Grátis no good news, Free Hugs on good news, Site oficial

Thursday, 18 December 2008

Do good anyway

Photo by Bill Eppridge, 1969, here on good news by Isabella LychowskiThe Paradoxical Commandments
by Dr. Kent M. Keith

People are illogical, unreasonable, and self-centered.
Love them anyway.
If you do good, people will accuse you of selfish ulterior motives.
Do good anyway.
If you are successful, you win false friends and true enemies.
Succeed anyway.
The good you do today will be forgotten tomorrow.
Do good anyway.
Honesty and frankness make you vulnerable.
Be honest and frank anyway.
The biggest men and women with the biggest ideas can be shot down by the smallest men and women with the smallest minds.
Think big anyway.
People favor underdogs but follow only top dogs.
Fight for a few underdogs anyway.
What you spend years building may be destroyed overnight.
Build anyway.
People really need help but may attack you if you do help them.
Help people anyway.
Give the world the best you have and you'll get kicked in the teeth.
Give the world the best you have anyway.

"The Paradoxical Commandments" were written by Kent M. Keith in 1968 as part of a booklet for student leaders.
Photo by Bill Eppridge, 1969, Time Inc

=============================================
Mesmo assim
(Texto afixado sobre o muro de Shishu Bhavan, o lar das crianças de Madre Tereza de Calcutá)

As pessoas são irracionais, ilógicas e egocêntricas.
Ame-as mesmo assim.

Se você tem sucesso em suas realizações,ganhará falsos amigos e verdadeiros inimigos.
Tenha sucesso mesmo assim.

O bem que você faz será esquecido amanhã.
Faça o bem mesmo assim.

A honestidade e a franqueza o tornam vulnerável.
Seja honesto mesmo assim.

Aquilo que você levou anos para construir, pode ser destruído de um dia para o outro.
Construa mesmo assim.

Os pobres têm verdadeiramente necessidade de ajuda, mas alguns deles podem atacá-lo se você os ajudar. Ajude-os mesmo assim.

Se você der ao mundo e aos outros o melhor de si mesmo, você corre o risco de se machucar.
Dê o que você tem de melhor mesmo assim.

Atreve-te



Atrevete, por supuesto.
Um anúncio da wwww.publi.tv. Não conheço. Ih, e lá vou eu reproduzindo imperativos de novo. ;-)

Sunday, 14 December 2008

O acaso vai me proteger ad infinitum

Quadro ´The Secret of Life`, de Antonio Dias, aqui no good news, de Isabella Lychowski Uma das frases mais buscadas aqui no good news é:

"o acaso vai me proteger"

"o acaso vai me proteger no google"

"o acaso vai me proteger no yahoo"

E por aí vai o acaso hieraquizado, compartilhado, buscado, encontrado, pesquisado, aprofundado, tageado, navegado, distribuído, intuído, sonhado, potencializado, caracterizado, multiplicado, somado, ratificado, corroborado, festejado, querido, amado, preconizado, sugerido, mencionado ad infinitum.

Não por acaso, ensina Don Miguel Ruíz, em "Os quatro compromissos" (The four agreements): seja impecável com a sua palavra.

Por supuesto, sejamos impecáveis com o acaso.

Quadro:

"The secret of life", Antonio Dias, 1969

Mais Antonio Dias:

"Anywhere is my land"

Saturday, 13 December 2008

Continho

Era uma vez um menino triste, magro e barrigudinho, do sertão de Pernambuco. Na soalheira danada do meio-dia, ele estava sentado na poeira do caminho, imaginando bobagem, quando passou um gordo vigário a cavalo:

- Você aí, menino, para onde vai essa estrada?
- Ela não vai não: nós é que vamos nela.
- Engraçadinho duma figa! Como você se chama?
- Eu não me chamo não, os outros é me chamam de Zé.

"Continho", de Paulo Mendes Campos.

=============================================

Ah, as delícias de se ter consciência do que é e do que dizem que é...

Friday, 12 December 2008

Who are we?

Who are we?, Quem somos nós? See Lao Tse´s answer here on good news, by Isabella Lychowski "at the center of your being you have the answer; you know who you are and you know what you want" (lao tzu)

Wednesday, 10 December 2008

A happy dog

video

A happy dog.

Um cãozinho que esbanja alegria. Mais vídeos de cãezinhos bacanas no dogwork.

"Wheresoever you go, go with all your heart."
Confucius or Kung zi (551 B.C. - 479 B.C.)

Dog saves dog

video

In the grainy video footage, a dog lays apparently alive but injured on a busy city highway in Chile. Then onto the road comes a dog into incredible traffic and pulls his friend off to the shoulder near safety.

There are still no news if dog survived afterall. If you are a sensitive person, please be aware this can be a hard video to watch in some moments.

This video is circulating online. Try phrase "dog saves dog" on Google (Nando´s tip) and you will be amazed how people are insterested in sharing stories of kindness.

===========================================

Amigo cão

Assista ao comovente vídeo de um cão salvando outro cão, que foi atropelado em uma avenida movimentada no Chile. As câmeras que captaram a ação do benfeitor são as câmeras que fazem o monitoramento de tráfego, por isso as imagens não são muito nítidas.

Se você é um pessoa sensível, esse vídeo contém algumas cenas duras de serem vistas, mas a solidariedade do pequeno cãozinho é imperdível. Infelizmente, não fica claro em nenhum post sobre o assunto se o cãozinho sobreviveu. Mas a ação do seu amigo ficou gravada e certamente nos servirá de exemplo.

O vídeo está circulando na Internet às centenas. Experimente a frase "dog saves dog" no Google (dica do Nando de como capturar resultados em mecanismos de buscas) e você vai ficar impressionado. As pessoas se mobilizam, se emocionam, compartilham as boas ações.

Saturday, 6 December 2008

Não coma o presépio!

Don´t eat the animals of the Christmas crib, não coma o presépio, here on good news, by Isabella Lychowski
Don´t eat the animals of the Christmas crib, não coma o presépio, here on good news, by Isabella Lychowski
Don´t eat the animals of the Christmas crib, não coma o presépio, here on good news, by Isabella Lychowski
Captions: "At this Christmas, don´t eat the animals of the Christmas crib!"
"Neste Natal, não coma o presépio!"
Where did I find this: Gil´s blog, Grupo pela Abolição do Especismo de Porto Alegre

Mais "neste Natal, não coma o presépio" no You Tube. Não tinha noção de como essa campanha anda bombando na Internet. (18/12/2008)



Atualização em 17/12/2008
Recebi por email o texto "Neste Natal, saia da rotina" (autor anônimo), que reproduzo aqui embaixo. Acredito que o texto traz informações interessantes e enriquece a sugestão de não comermos o presépio neste Natal.

Sou vegetariana (embora ainda por enquanto coma peixes e frutos do mar), mas não sou nem um pouco fã de imperativos: faça isso, ou não coma aquilo. Acredito que cada um é responsável por suas escolhas. Apesar do uso do imperativo, que eu pessoalmente não usaria, gostei muito da campanha do pessoal do http://www.gaepoa.org/, pois nos leva a refletir de maneira delicada e lúdica (cartazes acima) sobre o tema cardápio natalino, bem como sobre a incongruência que muitas vezes há entre o que pregamos e o que fazemos.

Neste Natal, saia da rotina
Observe o presépio: tem vaca, cabrito, cordeiro... todos observando o Menino Jesus. Agora pense na maneira como os Reis Magos celebraram a chegada do Deus Menino. Seus presentes foram ouro, incenso e mirra. Em nenhum momento, os magos, José ou Maria sugeriram assar um peru ou um pernil para comemorar.

E nada está mais distante do sentimento cristão do que os cardápios natalinos. As pessoas se esquecem de que os primeiros adoradores de Jesus foram justamente os animais, e aquiescem na matança desenfreada que ocorre nesta época do ano. Quintuplica-se o abate de perus e outras aves; porcos, cabritos e carneiros também são mortos em proporções absurdas.

As pessoas desejam "paz" em suas mensagens natalinas, mas celebram o nascimento do Menino Jesus com os cadáveres de criaturas inocentes! Esquecem-se talvez dos imensos danos que a indústria da carne acarreta ao meio ambiente ou não consideram válido o argumento de que a carne em suas mesas significa a fome de milhões de pessoas*. Pedem "saúde" no Novo Ano, enquanto abusam de gordura animal. Aos poucos, esta acaba por entupir suas veias e artérias, afetar o seu fígado bem como o equilíbrio de seus corpos e mentes.

Que tal celebrar um Natal diferente? Um Natal de paz e compaixão, extensivos a todos os seres.

* 50% dos grãos produzidos no mundo destinam-se ao fabrico de ração para os animais de engorda. Se esses mesmos grãos fossem utilizados diretamente na alimentação humana, simplesmente não haveria fome no mundo!

(Autor anônimo, recebido por e-mail)

Atualização em 18/12/2008

Desconhecia que o dia 25 de dezembro é também O Dia Mundial sem Carne, ou Meatless Day, no original em inglês. O objetivo dessa campanha mundial é mobilizar pessoas que queiram se abster de toda a comida oriunda de violência (carnes bovinas, de aves, peixes, etc), somente por este dia.

Essa campanha foi criada pela Missão Sadhu Vaswani, um santo da Índia moderna cuja filosofia de vida inclui compaixão por todas as criaturas.

Saiba mais em:
http://fotolog.terra.com.br/ong_anida:32
http://www.meatlessday.com/

Wednesday, 3 December 2008

Obama 2.0

Barack Obama on good news, by Isabella LychowskiWe can see the use of internet as a basis for processes and practice of democracy on Obama/Biden´s website (http://change.gov/newsroom/). So far 3,200 users have left their comments on one post of the "office of the President elect" blog. You can join this discussion.

=============================

A Internet vem se fortalecendo como um meio democrático de compartilhamento de informações. Ao usar o seu site change.gov como fórum de debate com usuários de internet para discutir questões de interesse para o futuro dos americanos (e do mundo...), a equipe de Barack Obama dá um ótimo exemplo prático de cidadania colaborativa digital. Confira o blog em http://change.gov/newsroom/.

Um dos posts recebeu até agora cerca de 3.200 comentários.

Não é de agora que Obama aderiu ao espírito wiki da web 2.0. Essa história vem de longe. Saiba mais sobre Obama 2.0 no blog do Gil Giardelli.

Monday, 1 December 2008

Oracle

Suggestion (from a Facebook friend):

* Grab the book closest to you. Now.
* Go to page 56.
* Find the 5th sentence.
* Enjoy your sentence. Does it make sense? If you wish send it to me via comment.
* Don't go looking for your favorite book, or the coolest one you have -- just grab the closest one.

M (Sweden, 01/12): Det är svårt att bedöma avstånd i meter, därför kan du använda dig av den sk tresekundersregeln istället.

I (Brasil, 01/12): almácega s. f. receptacle for water (from a noria or rain).

R (Brasil, 01/12): quando a proximidade revelou-se.

E (Brasil, 02/12): body, except that it might afford her a more ample opportunity and license to talk herself.

C (Brasil 02/12): Um ataque é essencialmente uma invasão de espaço - territorial, emocional, ideológico.

A (Brasil, 02/12): - Key business drivers sensitiveness

C (Brasil, 02/12): Sammy avait fini de rouler le joint pendant que Zeph chantait.

R (Brasil, 02/12): Na verdade, exercício financeiro anual ou semestral é ficção determinada pela necessidade de se tomar o pulso do empreendimento de tempos em tempos.
H (Greece, 03/12) Depois de um tempo, comeca a ficar quente demais na rua
A (Brasil, 03/12) cair fora.
R (Brasil, 03/12) viagem organizada

===================

===================
===================

===================

===================
Create your own word clouds at http://www.wordle.net/